.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Steven Tyler é capa da próxima Billboard


Vocalista do Aerosmith dá entrevista exclusiva e comenta sobre o show que fará em outubro no Brasil

Na revista Billboard edição 43, que chega às bancas nessa quinta, trás na capa uma entrevista com o vocalista do Aerosmith, Steven Tyler, que estará no Brasil para três apresentações.

Na entrevista feita por Marcos Ragatto, Tyler discorre sobre a quase separação do grupo após uma queda sua em um show em 2009. Também conta da sua experiência no American Idol, do ensaios com integrantes do Led Zeppelin e da produção de um disco solo.

Sobre a reunião do Aerosmith

"A maioria das bandas se separam quando merdas acontecem. Foi um período fodido. Foi Jack Douglas a razão da nossa reunião. (ele foi o produtor dos primeiros discos do Aerosmith) Então chamei os caras, e disse que tinha Jack pronto e à disposição, e todos eles toparam."

Sobre o disco solo

"Há um tipo de musica que eu adoro, mas que é diferente do Aerosmith: country, vocais à capela... às vezes não quero perguntar nada, não quero pedir permissão, só fazer o que sinto. Quero dar um passo longe de empresários e advogados, fazer as musicas que meu avô fazia, com violoncelo, guitarra, vocal, algo que o Aerosmith não faz."

Sobre os ensaios com integrantes do Led Zeppelin

"Foram só uns ensaios com o Jimmy Paje, falamos em fazer um disco. Eu estava puto com a banda aquele período, eles não estavam falando comigo. O Jimmy estava pensado em fazer um disco solo e eu disse: ‘Foda-se! Vou tocar com vocês!’ talvez o Jimmy tenha gravado, mas não é por aí. Há dois lados de uma banda. Um lado é o que você faz pela grana. O outro lado tem a ver com ser criativo"

Sobre o American Idol

"Adorei sentar com J.LO (Jennifer Lopez, também jurada) adorei o retorno. Se as pessoas pensam que eu estava velho para o American Idol, que venham ver o Aerosmith tocando ao vivo. Foi legal as pessoas verem os dois lados meus. Eu posso ser carinhoso e um bom pai para crianças, receptivo e honesto."